Haverá menor disponibilidade de animais aptos ao abate entre os meses de junho e julho, onde o cenário será favorável para novas altas, segundo analista
O mercado físico de boi gordo registrou preços mistos nesta quarta-feira, 12. Segundo o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o viés segue de queda nos preços para o restante do mês de maio. “O volume de boiadas ofertadas aumentou significativamente nos últimos dias, levando os frigoríficos a encontrar as condições necessárias para pressionar os pecuaristas”, diz Iglesias.
A pressão de baixa sobre os preços do boi deve perdurar até meados de junho, quando a oferta de animais de safra entrará em seu limiar. “A dinâmica para o início da entressafra mudará de maneira contundente. A elevação dos custos pecuários em 2021 culminou em um menor confinamento de primeiro giro. Assim, haverá menor disponibilidade de animais aptos ao abate entre os meses de junho e julho, oferecendo as condições necessárias para que os preços encontrem espaço para novos reajustes”, assinala.
Em São Paulo, Capital, a referência para a arroba do boi ficou em R$304, ante R$ 304 – R$ 305 na terça-feira. Em Goiânia (GO), a arroba teve preço de R$ 290, estável. Em Dourados (MS), a arroba foi indicada em R$ 294, contra R$ 290. Em Cuiabá, a arroba ficou indicada em R$ 301 ante R$ 302. Em Uberaba, Minas Gerais, preços a R$ 297 a arroba, inalterado.
Atacado
No mercado atacadista, os preços da carne bovina caíram. Conforme Iglesias, para a segunda quinzena do mês a expectativa é de continuidade deste movimento, em linha com a reposição mais lenta entre atacado e varejo em um período de menor consumo. “A predileção do consumidor médio ainda recai por proteínas mais acessíveis, a exemplo dos cortes do dianteiro bovino e principalmente a carne de frango, a mais acessível dentre as proteínas mais consumidas no Brasil”, diz Iglesias.
Com isso, o corte traseiro teve preço de R$ 20,35 o quilo, contra R$ 20,45 o quilo ontem. O corte dianteiro teve preço de R$ 17,35 o quilo, ante R$ 18 e a ponta de agulha passou de R$ 17,95 o quilo para R$ 17,35 o quilo.
Fonte: CanalRural

Contate A gente

Envie uma mensagem

FUNCIONAMENTO

Segunda a Sexta: 08:00 as 12:00 / 14:00 as 18:00
Sábados: 08:00 as 12:00
Domingos - Fechado

Nosso telefone

Vendas : (67) 3562-3860
SAC : (67) 3562-3860
comercial@salcerrado.com.br

Envie uma mensagem

Responderemos o mais breve possível








  • Teste
  • Teste